História da Igreja Presbiteriana da Tijuca
Cheap Nike NFL Jerseys China Wholesale Jerseys Free Shipping Cheap NFL Jerseys Wholesale
 

Igreja Presbiteriana da Tijuca

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home História

História da Igreja Presbiteriana da Tijuca

E-mail Imprimir PDF

Localizada em um dos bairros mais tradicionais da cidade do Rio de Janeiro, a Igreja Presbiteriana da Tijuca tem sido um instrumento de Deus para levar alívio e conforto à população.

As origens da Igreja remontam à década de 1950 ao tempo da administração do Rev. Amantino Adorno Vassão a frente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil-IPB. Naquela época a IPB adquiriu um casarão antigo construído sobre um terreno de 10m. X 60m., na Rua Alzira Brandão, 135, na Tijuca que deveria servir de sede para a Comissão Executiva do Supremo Concílio da IPB e sede do Jornal Brasil Presbiteriano, que, na ocasião chamava-se “O Puritano”.

Com a mudança da Capital da República para Brasília e a substituição do Presidente do Supremo Concílio, a administração da IPB foi deslocada do Rio de Janeiro e o imóvel da Tijuca foi parcialmente desativado.

Por iniciativa de um grupo de membros da Igreja Presbiteriana do Rio de Janeiro, foi iniciado, em 1953, um trabalho de evangelização na Tijuca. O grupo, liderado pelos irmãos Paulo Ganzarolli de Almeida e sua esposa Maria de Lourdes, Dr. Targino Antonio de Souza, Presb. Áttila Correia da Silva, Hotylis Luso Ferreira e Talita Costa, começou a fazer reuniões de Escola Dominical, às 14h, em uma sala do pavimento inferior da casa.

Outros irmãos residentes no bairro passaram a freqüentar as reuniões e somaram esforços na implantação do Ponto de Pregação. A freqüência foi aumentando e o grupo pioneiro passou a orar a Deus pedindo um pastor. Na tarde de Natal de 1962, o Rev. Zaqueu Ribeiro – que, ao lado do Rev. Amantino, era um dos pastores da Igreja Presbiteriana do Rio – apareceu de surpresa no Ponto de Pregação da Tijuca. Participou da reunião e assumiu definitivamente o trabalho.

Deus ouviu e atendeu a oração do seu povo. Muitas famílias passaram a freqüentar a Congregação. Foram feitas sucessivas campanhas e a propriedade foi comprada da IPB em 1965.

Em 21 de maio de 1967, uma Comissão Especial do Presbitério do Rio de Janeiro, sob a presidência do Rev. Elias Medeiros, formalizou a organização da Igreja Presbiteriana da Tijuca com um rol de 120 membros fundadores.

Desde a sua organização a Igreja teve quatro pastores efetivos: Rev. Zaqueu Ribeiro, que pastoreou a Igreja de 1967 até a sua emerência em 1988.

Rev. Carlos Alberto Chaves Fernandes, que pastoreou a Igreja de 1988 até 1999, quando assumiu o pastorado da Igreja Presbiteriana de Copacabana.

Rev. Miguel Marques Rodrigues, que pastoreou a Igreja em 2000, acumulando o pastorado com a Igreja Presbiteriana de Botafogo e liderando o processo de escolha e eleição do novo pastor.

Rev. Eurípedes da Conceição, que assumiu o pastorado efetivo da Igreja em 2001 e cumpriu um mandato de dois anos, tendo sido sucessivamente reeleito e reinstalado em janeiro de 2003 para um período de cinco anos e em janeiro de 2008 para um período de quatro anos, findando em 2 de janeiro de 2012.

O Conselho da IP-Tijuca decidiu em agosto de 2011 não realizar eleição pastoral e solicitar ao Presbitério do Rio de Janeiro novo Pastor. Após o assunto ser debatido em plenário no Presbitério, considerando que não houve candidatos ao pastorado da igreja, Comissão-Executiva do PRJN reuniu-se com o Conselho para elaborar o perfil do ministro a ser designado para traçar um critério de convocação. Desta reunião e a luz do perfil elaborado pelo Conselho, ficarão 5 nomes que correspondiam ao perfil traçado, dentre os quais o Rev. Anderson Abreu, Pastor-Auxiliar da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro há 5 anos e com idade de 31 anos. No mês de dezembro a Comissão Executiva do PRJN reuniu-se com os 5 pastores, doas quais apenas o Rev. Anderson, movido pela necessidade da igreja de ter um pastor e pelo apelo do Presbitério que viu nele as características elencadas pelo Conselho, aceitou pastorear a Igreja da Tijuca por um mandato de até 2 anos, tempo este tido como suficiente para que a igreja pudesse reunir condições para promover eleição pastoral.  No dia 2 de janeiro de 2012 a noite, diante da C.E do PRJN e do Conselho da IP-Tijuca, o Rev. Anderson Abreu assumia o pastorado da igreja. APós 1 ano e 6 meses, no dia 21 de julho de 2013 a igreja elegia o Rev. Anderson por 96% dos votos para um período de 5 anos.

 

Nossos Cultos

Domingos:
10h30min e às 19h00

Quartas:
19h30min

Maiores Informações:
(21) 3298-8291 e 3298-8287

Escola Dominical

Todos os Domingos,
às 9h00

Participe!