A Vitória da Ressureição
Cheap Nike NFL Jerseys China Wholesale Jerseys Free Shipping Cheap NFL Jerseys Wholesale
 

Igreja Presbiteriana da Tijuca

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Mensagens Escritas A Vitória da Ressureição

A Vitória da Ressureição

E-mail Imprimir PDF

SALMO 23. 1-6

1 O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará.
2 Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso;
3 refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome.
4 Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam.
5 Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice transborda.
6 Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre.

A VITÓRIA DA RESSURREIÇÃO

A morte é uma realidade. Não aceitamos a morte porque ela nos rouba a presença daqueles que nos são mais caros. Ela leva as pessoas que nós amamos.

Cada um de nós passa por duras provações nesta vida. E quando a provação termina, somos aprovados por Deus.
Deus usa as provações para exercer em nós o seu controle de qualidade.
Enfrentamos as provações, combatemos o “bom combate”, enfrentamos a morte, e guardamos no coração a fé e a esperança da ressurreição, que será o nosso triunfo final.
Nosso corpo é corruptível e mortal; está envelhecendo e perdendo a força.

E Chegará o momento em que a morte será inevitável.

Mas há uma boa nova para todos os que confiam em Jesus Cristo:
A morte não tem o poder de nos segurar na sepultura!
A morte que nos separa dos nossos entes queridos... que traz tristeza ao nosso coração...

Está com os seus dias contados.

A Bíblia diz:
“Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro” (1 Ts 4. 16).

Os mortos em Cristo sairão de suas sepulturas como Jesus prometeu.

“Num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade. E, quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal se revestir de imortalidade, então, se cumprirá a palavra que está escrita: Tragada foi a morte pela vitória. Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão? (1 Co 15. 52-55)

E nós ganharemos um corpo incorruptível e a vida eterna com Deus.

A morte é uma grande tristeza para os que ficam e uma grande alegria para os que vão...
porque estão na presença do SENHOR.

A partir da ressurreição de Jesus a morte passou a ser a nossa porta de entrada para o Céu.

Quando confiamos em Deus e obedecemos a Palavra de Cristo, viver ou morrer não faz diferença!

A Bíblia diz que:
“Se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. Quer, pois, vivamos ou morramos, somos do Senhor” (1 Co 15. 8).
Já que vivemos para Cristo, o nosso maior objetivo na vida é agradar a Cristo valorizando sua obra eterna e triunfante, porque é através dele que nos

tornamos participantes da vitória da ressurreição.

Durante muito tempo eu não consegui entender o salmo 23, especialmente o verso 4 que diz:

“Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam”.

Que negócio é esse de sombra da morte?

Por que o salmista usa a expressão “sombra da morte” em vez da expressão “morte”?

O que a palavra “sombra” está fazendo aí?

Eu comecei buscar uma explicação para isso.

Recorri à história dos grandes homens de Deus do passado e do presente.

Até que eu li a biografia do famoso pregador Donald Gray Barnhouse.

Sua esposa havia falecido. Ele estava viúvo e tinha a tarefa de educar e criar os filhos que ainda eram pequenos.

Seus filhos estavam inconformados porque queriam uma explicação para a morte prematura da mãe no momento em que eles mais precisavam dela.

Enquanto ele levava os filhos ao velório da mãe, ele parou o carro no cruzamento do trânsito.

No cruzamento da estrada passou diante deles um enorme caminhão, projetando uma grande sombra sobre o carro em que estavam.

Barnhouse perguntou aos filhos, “Se vocês tivessem que escolher, vocês preferiram que a sombra do caminhão ou o próprio caminhão passasse por cima de vocês?”

O filho mais novo se antecipou e respondeu: “É claro que a sombra, pai!. A sombra não pode ferir ninguém!”.

“É isso que aconteceu conosco, filho! A sombra do caminhão passou sobre nós e não nos matou”.

“É isso que aconteceu com a mamãe. Ela está viva no céu. A sombra da morte apenas passou sobre ela”.

A morte é um grande caminhão. Somente aqueles que estão perdidos – sem Jesus – serão atropelados pelo caminhão da morte.

Quando o caminhão da morte vinha em nossa direção, Jesus entrou na estrada, empurrou-nos para o acostamento e deixou que a morte o atropelasse para que ela jamais pudesse nos destruir.

“Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque [o SENHOR] está comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam” (Salmo 23. 4).

Em Jesus, nós não morreremos... Vamos atravessar o vale da sombra da morte.... Mas não temeremos mal nenhum porque a morte já foi derrotada por Jesus no Calvário.

Um dia estaremos todos juntos no Céu desfrutando da Grande Ceia com o SENHOR Jesus.

Reverendo Eurípedes da Conceição
Pastor Efetivo

 

Nossos Cultos

Domingos:
10h30min e às 19h00

Quartas:
19h30min

Maiores Informações:
(21) 3298-8291 e 3298-8287

Escola Dominical

Todos os Domingos,
às 9h00

Participe!