Jesus Reina
Cheap Nike NFL Jerseys China Wholesale Jerseys Free Shipping Cheap NFL Jerseys Wholesale
 

Igreja Presbiteriana da Tijuca

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Mensagens Escritas Jesus Reina

Jesus Reina

E-mail Imprimir PDF

JESUS REINA

“Por isso, também eu, tendo ouvido a fé que há entre vós no Senhor Jesus e o amor para com todos os santos, não cesso de dar graças por vós, fazendo menção de vós nas minhas orações, para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele, iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos. E qual a suprema grandeza do seu poder para com os que cremos, segundo a eficácia da força do seu poder; o qual exerceu ele em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar à sua direita nos lugares celestiais, acima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio, e de todo nome que se possa referir não só no presente século, mas também no vindouro. E pôs todas as coisas debaixo dos pés e, para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas” (Efésios 1. 15-23).

Estamos em época de eleições para Prefeito no Rio de Janeiro.

No próximo domingo, quando as urnas forem definitivamente abertas, chegará um momento em que o TRE vai declarar eleito o novo Prefeito do Município do Rio de Janeiro.

As eleições municipais são muito importantes. Devemos exercer nosso direito e dever de cidadania através do voto.

Enquanto cristãos, temos o dever de apoiar e votar naquele que vai governar o Rio de Janeiro de forma justa e correta.

Na medida que avaliamos os candidatos durante a campanha, ficamos nervosos e ansiosos...

Ficamos preocupados se o candidato A ou o candidato B será um bom líder ou um mau líder.

Se o prefeito eleito vai governar bem ou não...

Será que essa preocupação é necessária?

Embora devamos ser cuidadosos na escolha do candidato, não devemos ter medo algum.

Quem vencerá as eleições? Não sabemos.

Mas eu sei quem estará no governo do Município do Rio de Janeiro...

É o mesmo que está no governo do Estado, da Nação... E do planeta inteiro: O Rei Jesus.

Antes da eleição, Jesus é o Rei dos reis e Senhor dos Senhores... Reinando em seu trono... Após a eleição, Jesus continuará reinando.

Como servos do Senhor, nosso coração precisa estar em paz em qualquer eleição, qualquer circunstancia... PORQUE JESUS REINA!

Nós não elegemos Jesus nas urnas... Ele não precisou e nunca precisará do nosso voto... Jesus foi eleito por Deus-Pai.

Jesus governará até o dia em que todas as coisas estiverem funcionando perfeitamente.

Em 1 Coríntios 15. 24-28 está escrito:

“E, então, virá o fim, quando ele entregar o reino ao Deus e Pai, quando houver destruído todo principado, bem como toda potestade e poder. Porque convém que ele reine até que haja posto todos os inimigos debaixo dos pés. O último inimigo a ser destruído é a morte. Porque todas as coisas sujeitou debaixo dos pés. E, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, certamente, exclui aquele que tudo lhe subordinou. Quando, porém, todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, o próprio Filho também se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos”.

A Bíblia é cheia de exemplos do governo de Deus sobre o governo humano.

Todo governo humano recebe sua autoridade da parte de Deus e ele será removido de sua posição de governo na hora que Deus quiser removê-lo.

É Deus quem constitui os líderes. Em Romanos 13. 1-3:

“Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação”.

Deus também remove os líderes. No salmo 75. 6-7 está escrito:

“Porque não é do Oriente, não é do Ocidente, nem do deserto que vem o auxílio. Deus é o juiz; a um abate, a outro exalta”.

Isso aconteceu na vida do grande rei Nabucodonosor na antiga Babilônia, que era talvez o rei mais poderoso do mundo nos seus dias.

Ele foi destronado por Deus e depois foi re-entronizado por Deus.

Em Daniel 4. 28-37 diz:

28 Todas estas coisas sobrevieram ao rei Nabucodonosor.
29 Ao cabo de doze meses, passeando sobre o palácio real da cidade de Babilônia,
30 falaram o rei e disse: Não é esta a grande Babilônia que eu edifiquei para a casa real, com o meu grandioso poder e para glória da minha majestade?
31 Falavam ainda o rei quando desceu uma voz do céu: A ti se diz ó rei Nabucodonosor: Já passou de ti o reino.
32 Serão expulso de entre os homens, e a tua morada será com os animais do campo; e far-te-ão comer ervas como os bois, e passar-se-ão sete tempos por cima de ti, até que aprendas que o Altíssimo tem domínio sobre o reino dos homens e o dá a quem quer.
33 No mesmo instante se cumpriram a palavra sobre Nabucodonosor; e foi expulso de entre os homens e passou a comer erva como os bois, o seu corpo foi molhado do orvalho do céu, até que lhe cresceram os cabelos como as penas da águia, e as suas unhas, como as das aves.
34 Mas ao fim daqueles dias, eu, Nabucodonosor, levantei os olhos ao céu, tornou-me a vir o entendimento, e eu bendisse o Altíssimo, e louvei, e glorifiquei ao que vive para sempre, cujo domínio é sempiterno, e cujo reino é de geração em geração.
35 Todos os moradores da terra são por ele reputados em nada; e, segundo a sua vontade, ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem lhe possa deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes?
36 Tão logo me tornaram a vir o entendimento, também, para a dignidade do meu reino, tornou-me a vir a minha majestade e o meu resplendor; buscaram-me os meus conselheiros e os meus grandes; fui restabelecido no meu reino, e a mim se me ajuntou extraordinária grandeza.
37 Agora, pois, eu, Nabucodonosor, louvo, exalço e glorifico ao Rei do céu, porque todas as suas obras são verdadeiras, e os seus caminhos, justos, e pode humilhar aos que andam na soberba.

Algumas vezes, Deus usa meios ordinários e lógicos para remover um líder e colocar outro em seu lugar.

Por exemplo, Deus usou uma flecha que foi atirada ao acaso e feriu o rei Acabe através de uma fenda na armadura.

1 Reis 21. 17-19 diz:

17 Então, veio a palavra do SENHOR a Elias, o tesbita, dizendo:
18 Dispõe-te, desce para encontrar-te com Acabe, rei de Israel, que habita em Samaria; eis que está na vinha de Nabote, aonde desceu para tomar posse dela.
19 Falar-lhe-ás, dizendo: Assim diz o SENHOR: Mataste e, ainda por cima, tomaste a herança? Dir-lhe-ás mais: Assim diz o SENHOR: No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote, cães lamberão o teu sangue, o teu mesmo.

Em 2 Reis 22. 29-30, 34 diz:

29 Subiram o rei de Israel e Josafá, rei de Judá, a Ramote-Gileade.
30 Disse o rei de Israel a Josafá: Eu me disfarçarei e entrarei na peleja; tu, porém, traja as tuas vestes. Disfarçou-se, pois, o rei de Israel e entrou na peleja.
34 Então, um homem entesou o arco e, atirando ao acaso, feriu o rei de Israel por entre as juntas da sua armadura; então, disse este ao seu cocheiro: Vira e leva-me para fora do combate, porque estou gravemente ferido.

Em outros momentos, o Senhor sustenta alguém na liderança ou remove usando bons conselhos ou maus conselhos, à exemplo do que aconteceu com Davi quando Deus o protegeu de Absalão e o sustentou no reino de Israel.

O Senhor fez com que Absalão aceitasse o mau conselho de Husai em vez do bom conselho de Aitofel.

Isso está escrito em 2 Samuel 17. 1-23, especialmente no verso 14:

14 Então, disseram Absalão e todos os homens de Israel: Melhor é o conselho de Husai, o arquita, do que o de Aitofel. Pois ordenara o SENHOR que fosse dissipado o bom conselho de Aitofel, para que o mal sobreviesse contra Absalão.

Deus fez tudo isso para proteger Davi e preservá-lo como rei de Israel.

Sua posição de liderança está nas mãos do Senhor. Não somente a posição de liderança mas também todas as decisões e ações do líder estão debaixo do controle da soberania de Deus.

Em Provérbios 21. 1 diz: “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR; este, segundo o seu querer, o inclina.”

Nós temos o dever de procurar eleger governantes sábios e justos.

Também temos o dever de honra-los e orar por eles, mesmo quando não gostamos e não confiamos neles.

Mas não podemos nos esquecer que o verdadeiro rei é o Senhor Jesus.

Por esta razão, não devemos temer o resultado de qualquer eleição...

Não importa quem vencerá as eleições no próximo domingo...

O que importa é que Jesus reina...

Jesus está assentado no trono do universo...

Jesus pôs todas as coisas debaixo de sua autoridade...

Nossa vida está em suas mãos... Isto é o bastante!

Reverendo Eurípedes da Conceição
Pastor Efetivo

 

Nossos Cultos

Domingos:
10h30min e às 19h00

Quartas:
19h30min

Maiores Informações:
(21) 3298-8291 e 3298-8287

Escola Dominical

Todos os Domingos,
às 9h00

Participe!